Pesquisar
Close this search box.

Mãe desempregada e com bebê de colo prevê um Natal difícil

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Poliana, Krislei, Eduarda, Adriele, Adrian, Davi e a Loiza, 30 dias, essa é a prole da Dona Rita de Lima, destes, seis, ainda moram com ela no bairro Eldorado, em Palmas.

 

A senhora, com seu bebê de colo e o Davi de 06 anos, receberam a reportagem para relatar um pouco da vida familiar e também pedir ajuda a comunidade palmense. Ainda na casa há 12 gatos que fazem companhia para os moradores. Destaca-se que a residência está com a energia elétrica cortada.

“Trabalhava de diarista, mas, agora não posso mais, estou em casa cuidando dos filhos e também tive trombose. Por enquanto, dou de comer eles com o dinheiro que recebo do Bolsa Família, R$ 530,00, mensais. Dei entrada para receber o Auxílio Maternidade, mas, demora de 40 a 50 dias para ser liberado”, esclareceu ela e ressaltou que os filhos mais novos já pediram brinquedos ao Bom Velhinho, “esse ano não vai ter como, a situação está difícil, em outros tempos trabalhava e conseguia comprar os presentes. O Davi me pediu um caminhãozinho e perguntou por onde o Papai Noel iria entrar para deixar o presente, pois, tive que vender meu fogão e não tem mais chaminé. Respondi, tudo na vida tem um jeito, mas, um pedido desse chega a dar um aperto no coração”, disse a mãe com ar de tristeza.

Apesar de todos os problemas, Dona Rita, ressaltou que o Natal é tudo de bom, é a esperança e acredita que as coisas vão melhorar, “não posso perder a fé”.

Telefone não é WhatsApp

(46) 98824-1449.

 

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha