Pesquisar
Close this search box.

Júnior Chisté: Por que as empresas perdem excelentes profissionais?

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Nos meus treinamentos para empresas de todo o sul do Brasil, ouço frequentemente dos líderes e empreendedores a dificuldade em conter a grande rotatividade em suas empresas.
Nesta semana, em minha coluna, lhe ofereço as grandes razões pelo qual o brasileiro pede demissão, pode ser que você nunca pensou nisso ou não se ateve a estes comportamentos que sua empresa adota e você ainda não perceber.

Compreender por que os brasileiros, apesar de serem profissionais competentes, muitas vezes optam por pedir demissão requer uma análise mais aprofundada das principais métricas envolvidas.

Em primeiro lugar, o ambiente tóxico é uma preocupação predominante, afetando quase metade dos casos. Ambientes de trabalho prejudiciais à saúde mental, caracterizados por relações interpessoais conflituosas, falta de suporte emocional e pressões excessivas, podem corroer a satisfação profissional e motivar a busca por alternativas mais saudáveis.

A falta de reconhecimento também desempenha um papel crucial, com 22% mencionando isso como motivo para a demissão. Os brasileiros valorizam o reconhecimento pelo seu trabalho árduo e contribuições, e quando isso é negligenciado, pode resultar em desengajamento e desmotivação.

A presença de chefes abusivos, que afeta 16% das decisões de demissão, é outra questão problemática. Um líder autoritário, desrespeitoso ou que não valorize a equipe pode criar um ambiente tóxico e desestimulante, levando os profissionais a procurar um local de trabalho mais amigável.

Por fim, 15% mencionam salários inadequados como motivo para pedir demissão. Embora a satisfação no trabalho não seja medida apenas pelo dinheiro, salários insuficientes podem impactar a qualidade de vida e a motivação para permanecer em um emprego.

 

Júnior Chisté, psicólogo, escritor e palestrante.

Atende pessoas de todo o Brasil através de vídeo-chamadas

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha