Pesquisar
Close this search box.

Júnior Chisté: E quando eu acordar triste?

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Se você acordar triste, é importante reconhecer e validar seus sentimentos. Aqui estão algumas sugestões que podem ajudar a lidar com a tristeza:

É normal sentir tristeza às vezes. Não se critique por se sentir assim. Permita-se experienciar suas emoções.

Procure entender por que você está se sentindo triste. Pode ser útil escrever em um diário ou conversar com alguém de confiança sobre o que está te incomodando.

Seja gentil consigo mesmo. Trate-se com compaixão e carinho, como você trataria um amigo que estivesse passando por um momento difícil.

Engaje-se em atividades que costumam trazer conforto ou alegria para você. Isso pode ser ouvir música, praticar exercícios, ler um livro ou passar tempo com pessoas queridas.

Se a tristeza persistir por um longo período de tempo ou interferir significativamente em sua vida diária, considere procurar ajuda de um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra.

Tente manter uma rotina regular de sono, alimentação saudável e exercícios físicos. Esses hábitos podem ajudar a melhorar seu bem-estar geral.

Mesmo nos momentos difíceis, há coisas pelas quais você pode se sentir grato. Concentre-se nas coisas positivas em sua vida, por menores que sejam.

Falar com amigos ou familiares próximos pode ajudar a aliviar a tristeza. Compartilhar seus sentimentos com alguém de confiança pode trazer conforto e suporte emocional.

Lembre-se de que é normal ter altos e baixos emocionais, e é importante cuidar de si mesmo durante os períodos de tristeza.

Júnior Chisté, psicólogo, escritor e palestrante. Atende através de vídeo-chamadas,

(49) 9 9987 9071.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha