Pesquisar
Close this search box.

Indústria, comércio e serviços: economia do Paraná cresce em todos os segmentos

Imagem de destaque - Indústria, comércio e serviços: economia do Paraná cresce em todos os segmentos
Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Três pesquisas divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta semana apontaram que a economia paranaense cresce de maneira contínua na indústria, no comércio e nos serviços. Os dados apontam para a continuidade do aumento da atividade econômica em 2024 no Estado, após um aumento de 5,32% no primeiro trimestre do ano registrado pelo Banco Central.

Na indústria, o Paraná teve em abril o maior crescimento do Brasil, de 12,8%. A comparação é com o indicador de março. No primeiro quadrimestre do ano o crescimento foi de 0,7%, com destaque para fabricação de bebidas (15%), produtos de madeira (14%) e móveis (6,2%), e no acumulado dos últimos 12 meses o resultado positivo é de 3%.

De acordo com o IBGE, o Paraná foi a principal influência positiva dos dados nacionais do setor em abril em função também do desempenho do setor de derivados do petróleo e das indústrias de alimentos e veículos.

No comércio, o volume de vendas cresceu 4% entre janeiro e abril de 2024, em relação ao mesmo período do ano passado. Na variação mensal, entre março e abril, o volume de vendas no Estado cresceu 1,4%, acima da média nacional, de 0,9%.

O resultado foi puxado pelo crescimento nas vendas do setor de material de construção (14,5%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (13,7%), móveis (13,7%), e veículos, motocicletas, partes e peças (12,3%). Na sequência aparecem outros artigos de uso pessoal e doméstico (12,1%) e hipermercados e supermercados (8,8%).

O setor de serviços também continua em alta no Paraná. Nos quatro primeiros meses do ano, o setor cresceu 5,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Esse foi o terceiro melhor resultado do Brasil no acumulado de janeiro a abril, segundo a Pesquisa Mensal de Serviço. O índice está acima da média nacional, que cresceu 2,3% no mesmo recorte.

Os bons resultados também se refletem nas atividades turísticas, que compõem o setor. No primeiro quadrimestre deste ano, a alta no turismo paranaense foi de 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, o quarto melhor resultado do País, atrás da Bahia (12%), Minas Gerais (9,1%) e Pernambuco (5,4%). Apenas nesse período 412 mil turistas estrangeiros passaram pelo Paraná.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha