Pesquisar
Close this search box.

Deputado Guerra pede melhorias para caminhoneiros do Paraná

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

A sessão plenária desta terça-feira (21), da Assembleia Legislativa do Paraná, foi marcada por um pedido de melhores condições para os motoristas que dependem do Porto de Paranaguá. Com a fala muito bem fundamentada por números que mostram o Estado com recorde de exportações no primeiro quadrimestre de 2024, o deputado Luiz Fernando Guerra clamou por providências sobre as grandes filas que se formam no caminho até o Porto e as consequências que isso tem gerado.

Guerra enfatizou o recorde histórico e agradeceu aos paranaenses pelos resultados conquistados nos primeiros meses de 2024, mas chamou a atenção para as reinvindicações dos motoristas. “Nos primeiros quatro meses de 2024 atingimos um marco histórico de US$ 7,47 bilhões em exportações. Este primeiro quadrimestre foi o melhor da série histórica, superando em 1,6% as receitas do mesmo período de 2023. O Paraná segue como líder de exportações da Região Sul e ocupa a quinta posição nacional, um resultado que muito nos orgulha. Contudo, grandes conquistas apresentam novos desafios e hoje estamos com uma situação que precisa de atenção e solução”, destacou.

O deputado citou as longas filas que se formam não só no acesso ao Porto, dentro do município de Paranaguá, mas também na rodovia que dá acesso ao litoral do estado. “Em virtude do aumento do volume de exportações e o maior número de caminhões, a demanda por estrutura e serviços tem crescido de forma significativa, impactando diretamente os caminhoneiros que operam nesta região”, complementou.

Luiz Fernando Guerra destacou que a maior queixa dos motoristas diz respeito à ausência de espaços adequados para o estacionamento dos caminhões. Por consequência, acabam parando ao lado da rodovia, correndo riscos, levando multas e por vezes enfrentando furtos e roubos de carga, o que têm gerado insegurança e medo aos profissionais. Também vale mencionar denúncias de prática de preços abusivos nos postos de combustíveis que estão optando por dar espaço somente aos clientes que abastecem um valor mínimo.

O deputado afirmou que tomou medidas imediatas. “Protocolei pedidos de informações e providências junto aos órgãos competentes, passando pela Secretaria de Infraestrutura e Logística dos Portos do Paraná, Secretaria da Administração e da Previdência, Secretaria de Segurança Pública, Polícia Rodoviária Federal, Administração dos Portos e PROCON Paraná para que possamos dar boas condições aos motoristas do nosso estado”, declarou.

O pedido também se estendeu ao líder do Governo na Assembleia, deputado Hussein Bakri, para que o caso seja tratado com atenção e urgência. Bakri prometeu um debate com os responsáveis pelo Porto, para a próxima semana, para que, juntos, encontrem a melhor solução. Guerra elogiou o trabalho realizado pelo Governo do Estado nos últimos anos e finalizou seu discurso comprometido em lutar pela avanço dos serviços na região.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha