Pesquisar
Close this search box.

Deputado Guerra afirma que importar tilápia do Vietnã é uma ação completamente descabida

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

A informação pegou de surpresa a indústria da pesca e o setor agropecuário brasileiro que tem um alto desempenho no assunto, afinal o Brasil é o quarto maior produtor de tilápias do mundo, sendo o Paraná, líder na produção nacional. Com o consentimento do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), está confirmado que o Vietnã quer incluir a venda do peixe na negociação com o Brasil, o que, de acordo com o deputado estadual Luiz Fernando Guerra, não faz o mínimo sentido.

Guerra é um dos maiores defensores do Agro e presença constante no interior do Paraná, onde acompanha a realidade de diversas famílias que vivem do setor. É ele também, o autor do projeto de lei que pretende incluir peixe na merenda escolar de todos os alunos do Estado, com foco na alimentação mais saudável aos jovens e incentivando a psicultura e economia local.

“O consumo dentro do estado impulsiona o trabalho dos pequenos produtores, assegurando renda para muitas famílias que vivem da piscicultura. Importar a tilápia é um absurdo, pois desprestigia uma cadeia que cultiva 860 mil toneladas de peixe no país com uma receita de R$ 9 bilhões somente em 2022”, argumenta o deputado.
De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a piscicultura paranaense atingiu 144,9 mil toneladas no último levantamento, o que equivale a 25,9% da produção nacional, que atingiu 559 mil toneladas. O estado também lidera a produção de tilápias, sendo responsável por 34% do volume total do país.

Guerra também afirma que a produção de tilápias está espalhada por 26 estados, além do Distrito Federal. “Esse volume não é por acaso. São muitas famílias que vivem da psicultura e precisam desse apoio dentro de casa e não de uma rasteira que pode acabar com o trabalho delas. Com mais de 34% do volume total de tilápias do país, o Paraná cultivou, somente no ano passado, 187.800 toneladas da espécie. Com isso, a Região Sul aparece bem na frente no ranking, somando 239.300 toneladas (43,5%). A segunda posição no cultivo nacional de tilápia fica com São Paulo, que produziu 77.300 toneladas em 2022 e teve aumento de 1,5% sobre o volume de 2021. Então não existe a necessidade de trazer de fora o que produzimos e produzimos tão bem, aqui”, destacou o deputado.

A movimentação sobre o acordo entre os dois países aconteceu durante uma cerimônia realizada no Palácio do Itamaraty, envolvendo o primeiro-ministro do Vietnã, Pham Mihn Chinh, e o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.

Assessoria de imprensa
Karina Trzeciak | (41) 99827 8063
E-mail: [email protected]
Assembleia Legislativa do Paraná | Deputado Luiz Fernando Guerra

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha