Pesquisar
Close this search box.

Cooperalfa reúne 580 líderes em Itá-SC

Imagem de destaque - Cooperalfa reúne 580 líderes em Itá-SC
Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

O presidente Romeo Bet conclui em dezembro deste ano o seu quarto mandato e, por solicitação da liderança, na Assembleia Geral Ordinária (AGO), de fevereiro de 2025, deverá ser reconduzido ao cargo para a sua quinta gestão.

De 1 a 5 de julho a Cooperalfa promoveu, em Itá-SC, a Convenção de Líderes 2024 – com o tema ‘Elo forte, união duradoura’, com a participação de cerca de 580 pessoas, entre homens e mulheres. Uma semana memorável de aprendizado e integração. O presidente Romeo Bet, concluindo seu quarto mandato e aprovado para a reeleição em 2025, agradeceu efusivamente a toda a liderança da gestão 2021/2025 pela confiança e dedicação em defesa da cooperativa. “Desde 2008 crescemos em média 15,6% ao ano e foi graças ao engajamento de todos”.

Imagem de destaque - Cooperalfa reúne 580 líderes em Itá-SC

Na primeira etapa dos trabalhos, realizados no auditório do Itá Thermas Resort e Spa, a Direção apresentou os números da cooperativa, sobretudo a evolução registrada a partir de 2009, gestões lideradas pelo presidente Romeo Bet. Nesses quase dezesseis anos de mandato, de 2009 a 2024, muitas obras e investimentos foram feitos, visando a manutenção e ampliação de seus negócios com segurança. Sob a liderança executiva de seu atual presidente, a Cooperalfa modernizou as estruturas de atendimento, atualizou seu parque de equipamentos, ampliou a industrialização, buscou novos negócios e ingressou em novas áreas. “Todos esses resultados, porque temos líderes e quadro social atuante e equipe funcional comprometida”, avaliou Bet.

O 2º vice-presidente, Edilamar Wons, apresentou a evolução do setor de armazenagem e destacou a construção de estruturas que agilizam o recebimento da produção nos períodos de colheita, suprem a necessidade de mão-de-obra e proporcionam mais segurança, tais como a implantação de tombadores e a eliminação de espaços confinados em silos. Segundo ele, desde 2009, a cooperativa já entregou 39 tombadores e a meta é investir em cerca de cinco basculantes por ano e. em até quatro anos, implantar em todas as unidades. Além de apresentar todos os investimentos em expansão, que somaram R$ 2,1 bilhões, Edilamar também avaliou positivamente a safra 2024, falou das exigências do CAR (Cadastro Ambiental Rural) e da crescente concentração de propriedades rurais. “De modo geral, aquelas propriedades que não possuem sucessores acabam sendo incorporadas por aqueles produtores tecnificados”, observou.

O 1º vice-presidente, Cládis Jorge Furlanetto, apresentou os blocos do setor pecuário e agregação de valor. Ele chamou atenção para os serviços prestados como assistência técnica, bem-estar animal, exigências ambientais e ampliação das cotas de aves pela Aurora Coop. De modo geral os depoimentos foram muito positivos com relação a importância da industrialização como forma de tornar a cooperativa mais competitiva e com relação ao trabalho desenvolvido pela equipe técnica no campo. “Os nossos profissionais são orientados a prestar todo apoio necessário para a evolução técnico/produtiva dos associados, acima de tudo e de forma comedida”, declarou Cládis.

Participação intensiva dos líderes

Os quase 600 líderes cooperativistas participaram intensivamente do bloco da Direção, com perguntas, sugestões, agradecimentos e pedidos. Os programas educacionais, como Alfa Mulher e Alfa Jovem, estiveram marcadamente na pauta de reivindicações, como ferramentas importantes para a gestão da continuidade nas propriedades rurais. O associado e líder Mauricio Machado, de Canoinhas, planalto norte catarinense, mostrou-se muito satisfeito com os números apresentados durante a Convenção. “Isso se deve ao compromisso da Alfa com as causas sociais e valores como honestidade e profissionalismo”. Para Jedson Senhori, associado na filial de Campinas do Sul-RS, falou do privilégio de ser líder na cooperativa, como oportunidade de aprendizado técnico e crescimento pessoal. Sobre o evento em Itá, Jedson disse que chama atenção a forma transparente da Alfa ao gerir os números. “Essa transparência só reforça a confiança que temos pela cooperativa”.

A líder Adriana Schein, de Palma Sola, extremo oeste catarinense, demostrou grande gratidão pela oportunidade de participar da Convenção, como forma de aprendizado e de estreitar a sua relação com a cooperativa. Como líder ela reconhece o valor da cooperativa em sua vida e a necessidade de trabalhar de forma atuante dos eventos e dos negócios da cooperativa. Sobre o Alfa Mulher, para Adriana foi transformador. “Me ajudou a refletir sobre as coisas realmente importantes e nos fortalece como pessoa. Veio para me mostrar a força que tenho. Sou muito grata e não tenho palavras para transmitir todo o valor desse programa. Quem puder, participe”.

Ao falar da gestão e do perfil do presidente Romeo Bet, a líder de Xaxim-SC há mais de 20 anos, Terezinha Grazil Gabriel, presente no evento, destacou a sua forma honesta, inovadora e humana de ser ao conduzir a Alfa. “Muito obrigada seu Romeo por ser assim, por cuidar tão bem da nossa cooperativa e pela oportunidade de fazer parte da liderança”.

Fonte: Assessoria de Imprensa Cooperalfa

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha