Pesquisar
Close this search box.

UAPAR fez a entrega de ovos de Páscoa para alunos atendidos pelo projeto 

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

No sábado (23), no Parque de Exposições, Luiz Fernando Abreu Ferreira (Pé Vermelho), a União dos Autistas de Palmas e Região (UAPAR), realizou uma ação social de Páscoa muito especial para seus atendidos. Durante a tarde a principal atração do evento foi à chegada do coelho, símbolo emblemático da Páscoa que realizou a entrega de ovos de chocolates, que foram oferecidos a cada um dos atendidos.

A ação de Páscoa da UAPAR foi um sucesso e ficará marcada na memória de todos que participaram. Foi um momento de confraternização, alegria e solidariedade, que demonstrou o comprometimento da associação com a causa do autismo e com o bem-estar de seus atendidos. Compareceram também os acadêmicos da 1ª Turma da pós-graduação em Educação Especial com Ênfase no Transtorno do Espectro Autista da Faculdade Municipal de Educação e Meio Ambiente (FAMA) de Clevelândia. Eles também participaram de roda de conversa com a equipe multiprofissional que atende as crianças com TEA e assistiram uma sessão de equoterapia.

O Presidente da UAPAR, Tompson Schneider, explicou que é de costume fazer algo comemorativo relativo a essa data. “Estamos movimentando a associação para a entrega dos ovos de Páscoa e também para reunir as pessoas. Também tivemos a apresentação do projeto da equoterapia para os acadêmicos da FAMA de Clevelândia”, frisou e pontuou que o autismo é peculiar de cada pessoa, “uns se vinculam mais as cores, outros tem problemas com barulho, tentamos fazer algo que contemple a todos, não tendo música e nem muita agitação”.

Lembrou ainda que no início o projeto foi desenvolvido de maneira simples com a equoterapia, porém, com o aumento da procura, ocorreu a necessidade da oferta de outras terapias, psicóloga, fonoaudióloga, fisioterapeuta e também tem a expectativa da contratação de uma nutricionista. “Ao todo, 105 pacientes são atendidos pela UAPAR, de Palmas, Cel Domingos Soares, Clevelândia e APAE”.

A Professora e coordenadora da pós-graduação em Educação Especial com Ênfase no Transtorno do Espectro Autista, Thais Ferreira, explicou que a pós graduação com essa temática foi uma resposta a demanda existente para capacitação dos professores na área do Autismo e através da Prefeitura de Clevelândia isso se tornou realidade. “O projeto acolheu profissionais de diferentes áreas de alguns municípios da região. Essa demanda com os autistas devem ser incluídas para que possamos proporcionar o atendimento e a intervenção da forma mais qualificada possível. Temos o compromisso social em ofertar essa pós gratuita, espera-se que os profissionais que estão fazendo essa formação deem uma devolutiva a sociedade”.

A Diretora Geral da FAMA, Niura Pasin, explicou que o compromisso da faculdade é ímpar nessa questão. “Essa pós em especialização em TEA é a primeira da região e ainda gratuita. Somos gratas a administração municipal, a Prefeita Rafaela por estar disponibilizando os recursos necessários. Todas as faculdades devem dar uma satisfação e um apoio a sociedade e principalmente aos profissionais de Educação, Saúde e Assistência Social. A demanda do autismo vem crescendo muito e a nossa faculdade está sendo pioneira nessa especialização no Espectro Autista”, salientou.

“Páscoa e dizer sim ao amor e a vida é investir na fraternidade, é lutar por um mundo melhor, é vivenciar a SOLIDARIEDADE. Feliz Páscoa”, UAPAR.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha