Pesquisar
Close this search box.

Programa Moradia Legal entregou 41 títulos de propriedades em Clevelândia

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Na sexta-feira, (10) foi de celebração e emoção, marcando um momento histórico para os moradores do bairro Nelson Eloy Petry e para toda Clevelândia. Sob a parceria entre a Administração Municipal e o Tribunal de Justiça, os primeiros títulos de propriedades do Programa Moradia Legal foram entregues, concretizando os sonhos de muitos que ansiavam pela segurança jurídica de suas casas.

Foi uma noite repleta de significado, onde sorrisos se misturavam com lágrimas de felicidade, e abraços simbolizavam a conquista de um direito fundamental: a posse legal de seus lares. Para os 41 contemplados, esse documento representa mais do que um pedaço de papel; é uma garantia para o futuro, um selo de segurança que protege suas famílias e preserva seus direitos.

Na cerimônia fizeram-se presentes: Desembargador Evandro Portugal, coordenador do Programa Moradia Legal; juíza de direito da comarca de Clevelândia, Raquel Neves Alexandre; Prefeita Rafaela Losi; vereadores: Luciano Loyola, Cristiano Dlugoss (Rádio), Julio Cesar Pinheiro (Ratinho Jr); chefe do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, Jaqueline Bonaldi Sgarbi; Escrevente do Cartório do Registro de Imóveis Elisangela Bólico; familiares dos contemplados, servidores públicos e demais membros da sociedade.

O Centro de Eventos foi o palco dessa entrega, onde os primeiros beneficiários do programa foram homenageados. Em cada rosto, era possível enxergar a gratidão estampada, fruto de anos de espera e de um árduo caminho percorrido até a tão almejada regularização fundiária.

Essa conquista não seria possível sem o incansável trabalho da equipe da gestão municipal, que dedicou esforços significativos para viabilizar esse projeto. É um projeto que promove a justiça social, empodera comunidades e constrói um futuro mais sólido e justo para todos os cidadãos.

Essa ação demonstra o compromisso da Administração Municipal, representada pela prefeita Rafaela Losi com a dignidade humana e com o fortalecimento da cidadania. E esta primeira entrega de títulos de propriedade é apenas o começo de uma jornada que beneficiará inúmeras famílias, contemplando todo o município, transformando vidas e construindo um cenário de equidade e oportunidades para toda a cidade. Cerca de 70% do município é irregular, essas foram as primeiras famílias a receberem, o trabalho foi feito em apenas seis bairros até o momento totalizando 400 imóveis, o trabalho vai longe ainda.

 

 

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha