Pesquisar
Close this search box.

Programa do governo do Estado oportunizou que aluno do colégio Dom Carlos viajasse para o Canadá

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

No domingo (28), o aluno, Renato de Campos Chechonke, do colégio Dom Carlos, através do Programa do governo do Estado, Ganhando o Mundo, embarcou para o Canadá.

A diretora do colégio Dom Carlos, Karine Ertel, explicou que o aluno fez a inscrição, devido as excelentes notas e também algumas particularidades suas com a escola. “Foi o escolhido para essa viagem, desde o início comentava que queria ir para o Canadá, porém, no início ele ainda não sabia qual seria seu destino. Porém, através do sorteio foi o escolhido para conhecer esse país. Irá ficar seis meses longe da escola e da família, mas, será um período de muito aprendizado, uma evolução enorme para sua vida. Acredito que irá voltar contando muitas histórias do Canadá”, destacou ela e frisou que o projeto é do governo do Estado e o aluno não terá gasto algum e ainda receberá uma bolsa auxílio. “Ele foi bem estruído, fez aula de Inglês, estamos confiantes”.

“Essa viagem do Renato representa um ganho enorme para a escola pública. São raras as oportunidades que o governo do Estado está proporcionando para os alunos, é um incentivo para eles. Espero que mais alunos se espelhem no exemplo do Renato. O aprendizado é a chave do futuro”.

 Ganhando o Mundo  

O programa foi criado para possibilitar a ampliação do repertório cultural e acadêmico dos estudantes, permitir sua vivência e experiência na realidade de outros países, consolidar uma rede de jovens líderes que atuarão nas escolas da rede pública estadual de ensino do Paraná, além de potencializar o desenvolvimento da autonomia e aperfeiçoar o domínio da língua inglesa.

São custeadas pelo Governo do Estado as despesas com alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguro-viagem e saúde, taxa de matrícula, mensalidade da escola no exterior, material didático, uniforme, tradução juramentada da documentação escolar e reuniões de orientação. Os alunos também recebem auxílio de R$ 800 mensais.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha