Pesquisar
Close this search box.

Mostra de Dança e Artes Palmense deixou em evidencia esse setor e atraiu bom público

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Na sexta-feira (26), em dois períodos no Centro Cultural Dom Agostinho José Sartori, ocorreu a Mostra de Dança e Artes Palmense, fazendo parte de um projeto aprovado na Lei Paulo Gustavo. O público compareceu em bom número para acompanhar as apresentações artísticas e conferir a exposição.

A Idealizadora do Projeto, Verônica Rigon, destacou que o evento uniu Galeria de Artes e uma Mostra de Dança. “As apresentações contaram com a participação de alguns artistas, bem como, a exposição de pinturas, fotografias, desenhos, artes plásticas e apresentação de 12 escolas do município, com 24 coreografias. O projeto foi inscrito, e selecionado na Lei Paulo Gustavo. Depois, fizemos um regulamento, iniciamos as inscrições e a organização do evento que tem um caráter inclusivo, contando com a interpretação de Libras”, considerou e revelou que participaram da Mostra, cerca de 170 bailarinos mais os expositores, “o público que acompanhou nos dois períodos em torno de 500 pessoas”.

A diretora do departamento da Cultura de Palmas, Cassimara Longhi, ressaltou que esse projeto é a devolutiva para a comunidade através da Lei Paulo Gustavo difundindo a cultura em seus vários aspectos. “Um momento especial com essa Mostra de Artes com muita dança”, comentou e acrescentou que ao longo do ano serão apresentados 47 projetos.

O Artista Plástico, Thiago Rosa, esclareceu que é gratificante para os artistas ter esse espaço para expor suas obras para toda a população palmense. “Meu trabalho que estou expondo são ilustrações voltados ao meu ser, são autorretratos que retratam o que estou sentindo naquele momento”.

 

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha