Pesquisar
Close this search box.

Júnior Chisté: Conscientização e Soluções para Reduzir a Violência no Trânsito em Palmas e região!

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

Caros Leitores,

É com preocupação que observamos o aumento constante dos números de pessoas embriagadas ao volante em nossa cidade, Palmas, Paraná. Esta triste realidade tem sido uma constante, especialmente nesta época de verão, quando as atividades ao ar livre e os eventos sociais se intensificam. A combinação de maior circulação de pessoas nas ruas e o consumo excessivo de álcool tem contribuído significativamente para um aumento nos índices de violência no trânsito.

É fundamental que estejamos cientes dos riscos e das consequências devastadoras que a embriaguez ao volante pode acarretar. Além do risco de ferimentos graves e perda de vidas humanas, aqueles que escolhem dirigir sob a influência do álcool enfrentam penalidades legais severas, que podem incluir multas pesadas, suspensão da carteira de motorista e até mesmo prisão.

No entanto, é importante ressaltar que podemos e devemos agir para reverter essa situação preocupante. A conscientização e a adoção de medidas preventivas são essenciais para reduzir a violência no trânsito e garantir a segurança de todos os cidadãos.

Apontarmos as causas sempre é muito fácil, mas nesta semana, aqui nesta coluna, gostaria de dar algumas sugestões que julgo serem importantes:

– É fundamental educar a população sobre os perigos da embriaguez ao volante e os impactos negativos que ela pode ter na vida de todos. Campanhas de conscientização em escolas, empresas e comunidades podem ajudar a disseminar informações importantes sobre segurança no trânsito e responsabilidade ao dirigir.

– Promover alternativas ao consumo de álcool em eventos sociais e festas, como a oferta de bebidas não alcoólicas e a organização de atividades divertidas que não envolvam o consumo de bebidas alcoólicas, pode ajudar a reduzir a tentação de dirigir sob a influência do álcool.

– Reforçar a fiscalização por parte das autoridades de trânsito, com blitzes regulares e o uso de tecnologias como bafômetros e câmeras de vigilância, pode dissuadir os motoristas de arriscarem dirigir embriagados.

– Incentivar o uso de transporte público, táxis, aplicativos de transporte e caronas responsáveis em situações onde o consumo de álcool é inevitável pode ajudar a evitar acidentes e preservar vidas.

– E por último e acredito ser preponderante, que cada pessoa tem o dever de agir com responsabilidade e bom senso ao volante. Se você planeja beber, não dirija. Busque alternativas seguras para voltar para casa e proteja a si mesmo e aos outros usuários das vias.

É hora de agirmos coletivamente para combater a violência no trânsito e tornar nossas ruas mais seguras para todos. Lembre-se: uma decisão consciente pode salvar vidas. Vamos juntos fazer a diferença em nossa comunidade. Abraços de paz e luz, até a próxima.

Júnior Chisté, psicólogo, escritor e palestrante. Atende através de vídeo-chamadas,

(49) 9 9987 9071.      

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha