Pesquisar
Close this search box.

Crime premeditado foi motivado por herança – irmã e cunhado principais suspeitos

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar
Duas pessoas foram presas no domingo (7) acusadas de planejarem e executarem a morte do casal Marisa Mergener, de 42 anos, e o esposo Reginaldo Tonet, de 41, em Treze Tílias, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Os suspeitos são a irmã de Reginaldo e o cunhado dele. Os corpos foram encontrados na manhã da última segunda-feira, dia 1º de janeiro.
Segundo a Polícia Civil, as prisões ocorreram no município de Água Doce, após dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão serem expedidos pela Justiça. O homem tem 53 anos e a mulher, 35. Os dois são casados e o crime teria sido motivado por uma discussão por herança, informou a Polícia Civil.
Ainda segundo as investigações, o crime foi praticado pouco depois das 2 horas da madrugada de segunda-feira. O casal participou de um evento de Réveillon no município e foi para casa, no bairro Jardim das Flores, em Treze Tílias. As vítimas foram surpreendidas na entrada da moradia.
Em nota, a Polícia Civil destaca que o duplo homicídio foi premeditado e o casal foi alvo de uma “tocaia”. Conforme as investigações, ao chegarem em casa e desembarcarem do veículo na garagem, Reginaldo já foi atingido por um disparo de arma de fogo. Ele conseguiu entrar em casa e, pelos vestígios, relutou para se esquivar do atirador, mas foi baleado outras vezes, indo a óbito no interior da moradia. Já Marisa foi atingida com um disparo na cabeça e morreu ao lado do pinheirinho de Natal.
“Com as prisões e material apreendido, que será submetido a perícias, a Polícia Civil espera e acredita na comprovação da autoria dos crimes. A prisão foi decretada com prazo de 30 dias, podendo ser prorrogada por mais 30 ou decretada a prisão preventiva, esta sem prazo determinado”, completa a nota da Polícia Civil.
Marisa era professora da rede pública de ensino e o marido era empresário. Os corpos do casal foram velados em Treze Tílias e sepultados na tarde de terça-feira, dia 2, no cemitério do município.
Com informações Oeste Mais
Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha