Pesquisar
Close this search box.

Circulação de turistas estrangeiros aumentou 36% no primeiro trimestre no Paraná

Imagem de destaque - Rascunho automático
Compartilhar

O Paraná registrou no primeiro trimestre deste ano a entrada de 360.397 turistas estrangeiros, o que representa um aumento de 36,3% em relação ao primeiro trimestre de 2023, quando 264.235 visitantes de outros países vieram ao Estado. Somente no mês de março, o aumento foi de 74% – 89.266 pessoas contra 51.222 no mesmo mês do ano passado.

Os dados são de registros feitos pela Embratur, em parceria com o Ministério do Turismo (MTur) e a Polícia Federal (PF). Eles somam desembarques por vias terrestre, marítima e aérea. Segundo o levantamento, o Paraná é o 4º estado que mais recebeu turistas internacionais de janeiro a março, ficando atrás de São Paulo (657.288), Rio Grande do Sul (561.520) e Rio de Janeiro (491.587). A maioria entrou no Estado por via terrestre (344 mil).

Para o secretário estadual do Turismo (Setu), Márcio Nunes, o crescimento é reflexo de políticas públicas, como a chegada de navios de cruzeiros ao Estado, através do Porto de Paranaguá, que contaram com grande aprovação do público. De acordo com ele, os atrativos de natureza do Paraná têm chamado cada vez mais a atenção de turistas internacionais. Desde 2022, o Estado já recebeu 1,6 milhão de turistas estrangeiros.

“O Paraná possui muitas opções nesse segmento. O turismo acontece quando se cria o desenvolvimento, quando o dinheiro circula de um estado ou de um país para outro. Ou seja, no momento em que se consegue transformar atrativos naturais em geração de emprego e renda, melhorando a vida das pessoas”, disse Nunes. Ele ainda afirmou que a expectativa é ampliar o movimento nos próximos meses após as confirmações da conexão direta Curitiba – Assunção, Curitiba – Buenos Aires e Curitiba – Santiago.

De acordo com Irapuan Cortes, diretor-presidente do Viaje Paraná, órgão vinculado à Secretaria estadual do Turismo, os números também refletem o trabalho de aproximação com instituições que atuam com o turismo de outros países. ”O aumento da vinda de espanhóis para o Paraná, por exemplo, pode ser entendido como reflexo da nossa participação na 44ª edição da Feira Internacional do Turismo (Fitur), onde conseguimos estreitar essa relação com empresas que atuam na emissão de turistas mundo afora”, disse.

Países 

O Paraguai permanece na posição de país que mais enviou turistas ao Paraná nos três primeiros meses deste ano, com 165.142. Em seguida, aparecem Argentina (97.544), Estados Unidos (13.456), Chile (11.126), Reino Unido (6.002), Uruguai (5.646), Espanha (5.542), Alemanha (5.427), Coreia do Sul (4.971) e França (4.855).

Houve aumento significativo no número de turistas da Espanha (145%) e da Coreia do Sul (139%) em relação ao ano passado. Outros países que tiveram aumento no envio de turistas ao Paraná foram Estados Unidos (83%), França (81%), Reino Unido (80%) e Chile (69%).

Crescimento Mensal 

Além de março, que teve crescimento de 74%, janeiro e fevereiro deste ano superaram, em 27%, os mesmos meses de 2023. Foram 164.530 turistas no primeiro mês deste ano, contra 129.310 em 2023. Em fevereiro o Paraná recebeu 106.601 turistas estrangeiros, contra 83.703 no ano passado

Brasil 

O Brasil, de acordo com a Embratur, registrou o melhor mês de março em relação à entrada de turistas internacionais da série histórica, iniciada em 1989. Foram 740.483 visitantes, número 1,6% maior que o recorde anterior, de 2018, antes da pandemia, quando foram contabilizadas 728.742 turistas estrangeiros. Na comparação com março de 2023, quando o Brasil recebeu 577.215 turistas de fora, o crescimento foi de 28,8%. Em comparação com março de 2019, pouco antes do início da pandemia, o crescimento foi de 21,1%.

Imagem de destaque - ALEP
Imagem de destaque - TV A Folha